CAPOEIRA: O GINGADO DA INCLUSÃO2018-09-17T13:55:40+00:00

Project Description

NOSSOS PROJETOS

CAPOEIRA: O GINGADO DA INCLUSÃO

A capoeira é patrimônio cultural brasileiro e encontra-se presente em mais de 200 países. Para agregar esta arte ao desenvolvimento motor de crianças e jovens, o Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, promoveu a atividade como inclusão social de pessoas com deficiência. De acordo com as famílias dos beneficiados, a capoeira tem ajudado muito o condicionamento cardiovascular e musculoesquelético das pessoas com Sindrome de Down. Segundo o presidente da ECOS, Fábio Néspoli, a capoeira elimina o estresse, aumenta a coordenação motora, a flexibilidade e a velocidade dos movimentos de quem pratica.

– Essa atividade estimula a autoconfiança e evidencia o valor da defesa e não do ataque principalmente em fase de desenvolvimento de jovens e crianças, além dos benefícios serem fundamentais às pessoas com deficiência. A capoeira foi proibida em código penal a partir de 1890, sendo, então, finalmente reconhecida como atividade desportiva após sua liberação, no ano de 1935 – explica o representante da ECOS que faz gestão e executa o projetos do complexo esportivo.

O Centro Esportivo foi uma das sedes dos Jogos Pan-americanos de 2007, no Rio de Janeiro, e também já recebeu importantes competições de futebol, caratê, patinação, patinação artística e squash. Com uma área total de 64 mil metros quadrados, o complexo conta com uma arena poliesportiva, tem capacidade para abrigar 3.835 espectadores no ginásio climatizado e 1.953 no estádio. Rua Olinda Ellis, 470, Campo Grande. Tel. 3316-3991/3394-1900.

FAÇA PARTE!

ECOS + ESPAÇO, CIDADANIA E OPORTUNIDADES SOCIAIS

PARTICIPE!